GEBEM - SEJA BEM VINDO.

EDITORIAL

 

O Cristo disse: O Reino dos Céus está em nós!

E nós somos um universo, princípio inteligente, primazia da evolução divina, destinada a esta divina Terra que nos acolheu.

E não somos só dor, sofrimento (entendendo sua necessidade), como entendemos que é tudo divino.

Nem só de pão vive o homem. Queremos ser completos.

Viver com amor. Doar amor, viver com alegria, saúde, paz e iluminação.

Ou quererá alguém dispensar o que DEUS nos deu?

Esta Casa que nos acolheu, e acolherá tantos outros, tanto no ensino, divulgação, atendimento espiritual, reuniões, mas também de alegria sadia e fraternal.

André Luiz, nos faz lindos relatos das reuniões visando o crescimento, aprendizado, lindos parques, lindas famílias. Reuniões saudáveis, de alegria sadia, pois vivemos e viveremos do Amor Fraternal que cada um pode criar e doar. Em Nosso Lar, findo o seu dia de labor, era merecido o descanso e o encontro familiar. A reunião e união com pessoas queridas.

Alguém poderá dizer, então volte para sua própria casa! Mas o GEBEM não é também uma casa de meu Pai que está nos céu?

Não são vocês os meus amigos? Não são meus irmãos e irmãs que eu escolhi?

Então este é meu lar! É aqui que escolhi ! E não há melhor lugar do que meu lar. Onde posso esperar das pessoas, acolhimento, quando triste estiver, silêncio quando não quiser falar, amor quando carente, e alegria para superar minhas próprias falhas e tristezas.

Quero que cada vez que pensar nesta Casa espiritual, me venha um sorriso nos lábios. E quando aqui chegar, fortalecido pelo amor do Cristo, pronto o tarefeiro, surgindo a tarefa divina do auxílio, na menor e que seja a mais simples tarefa, possa doar aquilo que não me pertence mais ao criar: o sorriso ao próximo.

O amor que recebi de DEUS e do Cristo possa partilhar o que recebi aqui. Esta gestão, com novos e antigos amigos,  nos apresentamos a vocês, e buscamos relembrar o ensino de Allan Kardec em O Livro dos Médiuns, capítulo 29, onde diz: “Que importa crer na existência dos Espíritos, se essa crença não faz que aquele que a tem se torne melhor, mais benigno e indulgente para com os seus semelhantes, mais humilde e paciente na adversidade?”.

E tenhamos por divisa: Amor e  Caridade, e, “a bandeira que desfraldamos bem alto é a do Espiritismo cristão e humanitário”. Que a paz do Cristo Jesus, seja convosco!

JÚLIO – ARCANGELO – ÂNGELO – BETH – MARLUCI – CÉLIA